Tectermica no blogger Tectermica no facebook Tectermica no youtube e-mail para Tectermica
logomarca
  • Câmaras frias;
  • Walkin coolers;
  • Câmaras frigorificas;
  • Climatização para adegas.

(11) 2635-1656 ou (11) 2636-5851

Câmara fria para flores

Este precioso artigo técnico aborda os aspectos de uso e de funcionamento da Câmara Fria para Flores Grande, deslinda inclusive as melhores praticas para o apropriado armazenamento das plantas e flores em geral, trata-se de um poderoso aliado, seja para os atacadistas de plantas, bem como para as floriculturas.

 

É fato que as flores e plantas compõe um setor que proporciona altas margens de lucro, desde que todo o processo, da produção até chegar ao consumidor, seja conduzido com planejamento, profissionalismo e organização. Os consumidores desejam produtos da mais alta qualidade e não são aceitos defeitos, como danos causados por pragas e doenças ou pelo inadequado manuseio e/ou estocagem durante a cadeia produtiva, principalmente nas flores de corte, onde a aparência do produto é fundamental para a aquisição.

 

A Câmara fria para flores prolonga a vida útil de flores e plantas em geral

 

Via de regra, as flores e plantas envasadas, ensejam menor atenção, elas devem ser conservadas em locais frescos e abrigados do sol, os vasos poderão ser mantidos lado a lado, alem disso sera necessário regá-los conforme a necessidade.

 

As flores de corte compreendem um capitulo a parte, por conta de suas peculiaridades requerem muito mais atenção e cuidados na sua conservação, pois imediatamente apos colhidas inicia-se o processo de degeneração, diversas providencias são cabíveis objetivando desacelerar o processo em questão, na sequencia encontram-se enumerados alguns dos pontos basilares, a saber:

 

  1. Colheita: flores destinadas ao armazenamento devem ser colhidas antes da maturação completa, porém com seu desenvolvimento normal, quando colhidas em estádio de botão fechado são menos susceptíveis aos danos físicos e às condições ambientais adversas, tais como elevada temperatura e etileno, além de terem o manejo facilitado;
  2. Resfriamento pós-colheita: imediatamente após colhidas as flores devem ser armazenadas na Câmara fria para flores, visando o rápido resfriamento, esta providencia é substancial para prevenir a perda de umidade e remover o calor do campo, desta forma retardando a deterioração;
  3. Transporte: dar-se-á sempre que possível em caminhões refrigerados, pois a temperatura mais baixa diminui a transpiração, reduz a exalação natural de etileno, entre outros itens que degradam a flor;
  4. Armazenamento: a estocagem se dará em uma ótima Câmara fria para flores grande , existe uma excelente opção no mercado, trata-se da excepcional câmara fria padronizada , aliando um custo reduzido a elevada confiabilidade de funcionamento, este equipamento deve estar apto a controlar as seguintes grandezas:
    • temperatura: como visto ela é fundamental para a preservação, para as flores tropicais a temperatura apropriada é entre 4C a 7C, estudos constataram que nas rosas a temperatura é o maior determinante na respiração, sendo que a taxa de respiração é em torno de três vezes maior a 15°C do que a 5°C e seis vezes mais alta a 25°C;
    • umidade relativa: a Câmara fria para flores deve possuir um preciso controle da umidade, o índice deve ser mantido entre 90% a 95% de UR, desta maneira minimiza-se as perdas d'água e o consequente murchamento;
    • oxigênio e gas carbônico: faz-se necessário controlar a concentração deste dois gases no interior da câmara fria, entretanto envolve equipamentos de alto valor, desta forma, um paliativo baste útil é abrir a porta de acesso periodicamente para que aconteça a renovação do ar interior.
A Camara fria para flores abriga adequadamente as flores de corte em geral

As principais flores de corte que são armazenadas na Câmara fria para flores

 

O Brasil, dado o seu clima favorável, bem como a extensa quantidade de terras profícuas ao agronegócio, permite o cultivo das mais variadas especies e, certamente todas elas serão mantidas adequadamente numa boa Câmara fria para flores, entretanto é importante que ela conte com os apetrechos próprios para a conservação da mercadoria.

 

As principais espécies cultivadas como flores de corte e que aceitam bem o armazenamento refrigerado são as seguintes:

  • rosa;
  • crisântemo;
  • gladíolo;
  • lírio;
  • lisiantos;
  • gérbera;
  • copo-de-leite;
  • orquídea;
  • alstroeméria;
  • alpínia;
  • antúrio;
  • dentre tantas outras que são soberbamente conservadas na Câmara fria para flores.
Os arranjos florais são estupendamente conservados na Camara fria para flores

Os produtores de flores se beneficiam do uso da Câmara fria para flores

 

Uma das obvias vantagens desse segmento é o rápido retorno do capital investido, e a

principal desvantagem é a perda do produto, que é perecível e deve ser comercializado rapidamente, todavia fazendo uso da tecnologia proporcionada pela Câmara fria para flores, o produtor pode mitigar a extrema perecibilidade da mercadoria.

 

A capacidade de geração de ocupação e renda no cultivo de flores e plantas é muito grande, emprega aproximadamente 210 mil pessoas, sendo 28% na produção, 4% no atacado, 65% no varejo e 3% nas atividades de apoio. Entre as culturas agrícolas, a floricultura chega a empregar aproximadamente 8 funcionários por hectare cultivado.

 

O comércio de flores, provido das novas tecnologias de produção, alem de contar com as Câmaras frias para flores grande, podem oferecer o produto final quase em todas as estações e meses do ano, contudo o consumo mais acentuado acontece em algumas datas comemorativas, tais como:

  • dia dos namorados;
  • dia das mães;
  • finados;
  • entre outras datas especiais.

 

Assim os produtores de flores devem estar preparados para aumentar sua produção nestas sazonalidades, seja plantando antecipadamente os cultivos e, com as tralhas e equipamentos, dentre eles a singular Câmara fria para flores, devidamente revisados e prontos para uso.

Tectermica

Câmaras frias - Câmaras frigorificas - Walkin coolers - Climatização para adegas

Rua Cabo Oscar Rossini, 985, Parque Novo Mundo, São Paulo/SP, CEP 02186-030, Coordenadas GPS: -23.515732,-46.570369

(11) 2635-1656 ou (11) 2636-5851