Tectermica no blogger Tectermica no facebook Tectermica no youtube e-mail para Tectermica
logomarca
  • Câmaras frias;
  • Walkin coolers;
  • Câmaras frigorificas;
  • Climatização para adegas.

(11) 2635-1656 ou (11) 2636-5851

Válvula de alivio de pressão para câmara fria

Neste exemplar artigo técnico sobre a Válvula de Alivio de Pressão para Câmara Fria temos por objetivo não só esclarecer a sua real utilidade, como também o método de funcionamento deste dispositivo indispensável.

 

Em virtude dos benefícios que a Válvula de alivio de pressão tem a oferecer, podemos seguramente afirmar que o seu uso é muito bem vindo nos ultra congeladores de mercadorias.

 

Qual a incumbência da Válvula de alivio de pressão?

 

A função da Válvula compensadora de pressão na câmara frigorifica é a de protegê-la, no tocante a sua integridade estrutural, contra os surtos abruptos de pressurização. Ou seja, impedir que o aumento ou redução espontânea da pressão interna do compartimento frigorifico venha a causar danos aos seus componentes.

 

Definitivamente a atribuição da Válvula de alivio de pressão justamente é a permitir que a pressão excedente seja descarregada para o ambiente externo. Ademais o aumento da pressurização pode trazer severos danos a Câmara fria, a saber:

 

  • rompimento das juntas de vedação dos painéis frigoríficos;
  • dilatação das junções macho e fêmea dos iso-paineis;
  • abertura espontânea da porta frigorifica.

 

Saiba o que causa um surto de pressão na câmara fria

 

De antemão podemos dizer que um surto de pressão é o aumento repentino da pressão do ar no interior da câmara fria; sem duvida causando um diferença substancial entre a pressão atmosférica no interior do walkin cooler frente aquela existente no ambiente externo. Por certo este fenômeno acontece de maneira espontânea e é inerente a performance do equipamento, principalmente naquelas câmaras frias que operam a baixas temperaturas, de tal forma que é possível observá-lo nas seguintes situações:

 

  • ao final de um ciclo de degelo: pois o ar do interior, quando do descongelamento esta resfriado e com menor pressão, entretanto na saída do descongelo uma lufada de ar quente é lançada, então a pressurização tende a aumentar repentinamente;
  • ao fechar a porta de acesso: logo apos o movimento de fechamento, posto que ele introduz uma parcela de ar no interior da câmara frigorifica e que, desta forma, acaba por comprimir o ar que lá estava, desta maneira pressurizando o local refrigerado.
Valvula de alivio de pressão para camara fria, modelo VAP/IND

Em síntese podemos citar o exemplo de uma bexiga, de fato ela expande quando inflamos o ar para o seu interior, ou seja, ela expande de tamanho. De certo isso ocorre por conta do acréscimo da pressão, entretanto não lhe causa nenhum dano, pois ela é flexível.

 

Como funciona uma Válvula de alivio de pressão?

 

Em primeiro lugar temos que a Válvula de equalizadora de pressão é um dispositivo mecânico que é empregado em uma câmara frigorifica. Alem disso ela conta com aquecimento anticondensação, inclusive contem duas abas moveis estanques e agraciadas com uma mola de retorno. Por consequência do seu modo construtivo, ela permite que um fluxo de ar flua em qualquer direção; não apenas para o interior, como também para o exterior do frigorifico.

 

Por outro lado a Válvula de alivio de pressão é dotada de um tubo telescópico que permite ajustá-la a qualquer espessura de painel frigorifico. Com toda certeza o seu interior é composto por dois compartimentos, um de admissão e o outro de escape. Por consequência da compartimentação é possível equilibrar as pressões interna e externa, sobretudo visando mitigar qualquer dano aos componentes da Câmara fria.

 

Note que a Válvula de alivio de pressão destinada a câmara frigorifica possui um sistema de aquecimento próprio; em virtude de ser útil para eliminar a condensação na superfície externa e a formação de gelo na superfície interna do dispositivo.

 

O novo coronavírus pode sobreviver no interior da Valvula de alivio de pressão?

 

A priori podemos afirmar que o SARS-CoV-2 pode subsistir em qualquer superfície, alem disso as condições climáticas intrínsecas a uma Câmara fria, tais como baixa temperatura e umidade relativa, ampliam o tempo de vida deste coronavirus. Ademais, pode ocorrer a contaminação, não só do ambiente climatizado, bem como de toda a mercadoria que nele encontra-se estocada.

 

Em conclusão, diante do exposto faz-se necessário adotar as praticas de desinfecção mensal, não só da Válvula de alivio de pressão, bem como de todas as câmaras frigorificas existentes no local.

Tectermica

Câmaras frias - Câmaras frigorificas - Walkin coolers - Climatização para adegas

Rua Cabo Oscar Rossini, 985, Parque Novo Mundo, São Paulo/SP, CEP 02186-030, Coordenadas GPS: -23.515732,-46.570369

(11) 2635-1656 ou (11) 2636-5851